Quanto ganha um perito do INSS: Salário, Benefícios e Carreira

Quanto ganha um perito do INSS Salário, Benefícios e Carreira

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é uma autarquia federal que tem como objetivo gerir a Previdência Social no Brasil.

Trata-se de um trabalho capaz de garantir uma certa autonomia financeira e segurança. Mas você sabe quanto ganha um perito do INSS?

Os peritos do INSS são profissionais responsáveis por avaliar a capacidade laboral dos segurados e conceder benefícios como aposentadoria por invalidez e auxílio-doença.

Mas, se você quer saber quanto ganha um perito do INSS, é só continuar a sua leitura nos parágrafos seguintes que iremos falar tudo o que precisa saber a respeito desse assunto.

O que é o INSS?

Antes de falarmos sobre quanto ganha um perito do INSS, é fundamental que você entenda o que é o Instituto Nacional do Seguro Social.

Em suma, o INSS é um órgão do governo federal responsável pela gestão do Regime Geral de Previdência Social, que garante a proteção social aos trabalhadores brasileiros e seus dependentes.

Entre os benefícios administrados pelo INSS estão a aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, salário-família, salário-maternidade, entre outros.

O que faz um perito do INSS?

Os peritos do INSS são médicos responsáveis por avaliar a condição física e mental dos segurados que solicitam benefícios por incapacidade.

Eles são responsáveis por realizar exames, avaliar laudos médicos, verificar documentos e dar um parecer técnico sobre a incapacidade do segurado.

Com base na avaliação do perito, o INSS decide se o trabalhador tem direito ou não ao benefício solicitado.

Quanto ganha um perito do INSS?

O salário de um perito do INSS varia de acordo com o cargo e a região do país. No entanto, em média, o salário inicial de um perito do INSS é de cerca de R$12.000,00.

Mas, ao falar sobre quanto ganha um perito do INSS, devemos mencionar que esse valor pode aumentar com a progressão salarial, que ocorre por meio de avaliações de desempenho e tempo de serviço.

Contudo, além do salário, os peritos do INSS têm direito a benefícios, como auxílio-alimentação, auxílio-saúde e gratificação por desempenho de atividade médico-pericial.

Isso quer dizer que a obtenção de todos esses benefícios poderão fazer com que o salário aumente ainda mais.

curso4
Quanto ganha um perito do INSS: Salário, Benefícios e Carreira 4

O que influencia o salário do perito do INSS?

Quando o assunto é quanto ganha um perito do INSS, não há como deixar de mencionar tudo aquilo que pode influenciar no salário do perito.

Afinal de contas, o salário pode sofrer algumas variações a depender de alguns fatores, bem como:

  • Formação;
  • Tempo de experiência na área;
  • Região de atuação;
  • Complexidade dos casos avaliados.

Peritos com especializações em áreas específicas, como Medicina do Trabalho, podem receber salários mais altos, assim como aqueles com mais tempo de atuação na carreira.

Além disso, a região em que o perito atua pode influenciar no salário, já que regiões com maior demanda e menor oferta de peritos tendem a pagar salários mais altos para atrair profissionais qualificados.

A complexidade dos casos também pode influenciar o salário, já que casos mais complexos podem exigir mais tempo e esforço do perito e, por consequência, o salário costuma ser maior.

Vale lembrar que o salário do perito do INSS é definido por meio de um plano de carreira, que estabelece as classes e padrões salariais de acordo com a experiência e desempenho do profissional.

Requisitos para ser perito do INSS

Agora que já entendeu melhor sobre quanto ganha um perito do INSS, é provável que queira seguir essa carreira, ainda mais se deseja obter estabilidade financeira.

Quanto a isso, para se tornar um perito do INSS, é necessário preencher alguns requisitos específicos, como formação, experiência e registro no Conselho Regional de Medicina (CRM).

image 8
Quanto ganha um perito do INSS: Salário, Benefícios e Carreira 5

Formação

Para ser perito do INSS, é preciso ter formação em Medicina e ter concluído a residência médica em uma das seguintes áreas:

  • Medicina do Trabalho;
  • Ortopedia;
  • Neurologia;
  • Psiquiatria;
  • Medicina Física e Reabilitação.

Experiência

Além da formação, é preciso ter experiência profissional de no mínimo dois anos na área médica, comprovada por meio de carteira de trabalho ou declaração do empregador.

Registro no Conselho Regional de Medicina

Para exercer a profissão de perito do INSS, é necessário estar registrado no Conselho Regional de Medicina (CRM) do estado em que se pretende trabalhar.

Como se tornar um perito do INSS?

Como se tornar um perito do INSS
Como se tornar um perito do INSS

Para se tornar um perito do INSS, é preciso passar por um processo seletivo e fazer um curso de capacitação.

O processo seletivo é realizado pelo próprio INSS e consiste em uma prova objetiva e uma avaliação de títulos.

Após a aprovação no processo seletivo, o candidato deve fazer um curso de capacitação oferecido pelo INSS. Esse curso tem duração de cerca de dois meses e é realizado na própria instituição.

Durante o curso, o candidato aprende sobre as normas e procedimentos adotados pelo INSS na realização de perícias médicas.

image 9
Quanto ganha um perito do INSS: Salário, Benefícios e Carreira 6

Conclusão

Ser perito do INSS é uma carreira promissora para os profissionais da área médica. O salário inicial é alto e pode aumentar com a progressão salarial e os benefícios oferecidos pela instituição.

No entanto, é preciso preencher alguns requisitos específicos, como formação, experiência e registro no CRM.

Se você se interessa por essa área, vale a pena se informar mais sobre o processo seletivo e o curso de capacitação oferecido pelo INSS.

Perguntas Frequentes sobre quanto ganha um perito do INSS

Dentre as dúvidas mais comuns sobre o tema “quanto ganha um perito do INSS”, podemos mencionar as seguintes:

Onde posso me informar mais sobre o processo seletivo para perito do INSS?

Você pode encontrar as informações sobre o processo seletivo para perito do INSS no site da instituição.

É necessário estar registrado no Conselho Regional de Medicina para ser perito do INSS?

Sim, é necessário estar registrado no CRM do estado em que se pretende trabalhar para exercer a profissão de perito do INSS.

Posts Recentes